Tikun Olam - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Tikun Olam

Tikun Olam

Postado por Daniel Pena em quinta-feira, 20 de setembro de 2012 | 11:00

Tikun olam (hebraico: תיקון עולם) é uma frase hebraica que significa "reparar, restaurar, concertar o mundo". É importante no judaísmo e frequentemente usada para explicar o conceito judaico de justiça social.

No Talmud
A expressão tikun olam é usada na Mishná, na frase mip'nei tikun olam ("pelo propósito de tikún olam") para indicar que uma prática deve ser seguida não porque a lei assim indica, mas porque ajuda a evitar consequências sociais negativas.

No Aleinu

A frase tikun olam está incluída no Aleinu LeShabeaj - a prece com que se concluem os três serviços religiosos diários celebrados pelos judeus ortodoxos. O Aleinu indica que o povo judeu deve louvar a Deus e expressa a esperança de que algum dia o mundo inteiro reconheça ao Senhor e abandone a idolatria para Letakén olam bemaljut shadai, isto é, "aperfeiçoar o mundo sob a soberania de Deus".

Na Cabala
De acordo com o misticismo judeu, a criação do Universo é explicada, em linguagem figurada, como um recipiente que não pôde conter a Luz Sagrada e se quebrou em pedaços (Shevirat Hakelim ou a "quebra dos receptáculos", no primeiro estágio da existência). A Cabala luriânica ensina que a criação do universo por Deus era instável, e o universo "primitivo", representado por um vaso de cerâmica, não podendo conter a Luz Sagrada do Ein Sof (Infinito, isto é, Deus), estourou.

Assim, segundo os cabalistas, o Universo que conhecemos está literalmente quebrado e precisa ser reparado. Seguindo a Halachá (lei religiosa judaica) e cumprindo os mitzvot (preceitos), os judeus, através de suas ações, ajudam tikum olam , isto, é ajudam a consertar o recipiente do Universo, fazendo com que este volte à forma originalmente desejada por Deus. E desta forma, a Humanidade participa da criação divina.

Na oração judaica

A frase tikum olam está incluída no Aleinu, uma oração judaica que é tradicionalmente recitada três vezes ao dia. O Aleinu (diz-se ter sido escrito por Josué) louva a Deus por permitir que o povo judeu O sirva e expressa a esperança de que o mundo inteiro, um dia, irá reconhecer a Deus e abandonar a idolatria. A frase tikum olam é utilizada na expressão l'takken olam b'malkhut Shaddai, "aperfeiçoar o mundo sob a soberania de Deus". Em outras palavras, quando todas as pessoas do mundo abandonarem os falsos deuses e reconhecerem Deus, o mundo terá sido aperfeiçoado. A palavra tikum está gramaticalmente no gerúndio (significando "reparação" ou "perfeição"), e olam significa "mundo". As duas palavras juntas (tikum olam) estão na construção (ou seja, genitivo) e significam "reparação de [o] mundo". Por outro lado, a palavra l'takken (que significa "reparar") está no infinitivo, e assim por l'takken olam na oração Aleinu significa "reparar [o] mundo".
Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)