Adorar a arca da aliança: cuidado com a idolatria no ceio da igreja - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Adorar a arca da aliança: cuidado com a idolatria no ceio da igreja

Adorar a arca da aliança: cuidado com a idolatria no ceio da igreja

Postado por Daniel Pena em terça-feira, 13 de novembro de 2012 | 12:11

Indiana Jones, à direita, leva embora a Arca da Aliança brilhante no filme 1981 Raiders of the Lost Ark por Steven Spielberg

"Agora a arca da aliança irá entrar, quando ela estiver entrando, vocês vão olhar para ela, se possível, tocar nela, e fazer um pedido, e Deus irá conceder o pedido que vocês fizerem."

 A frase acima foi dita em meio a um culto em uma igreja evangélica, contive meu espírito por algum tempo, mas vejo que a coisa está piorando e em meio a dor e clamor na alma tive que escrever algo a respeito.
Sei que alguns vão me dar algumas pedradas, mas não importa, vamos nós.

“Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Pois busco eu agora o favor dos homens, ou o favor de Deus? ou procuro agradar aos homens? se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.”
Gálatas 1:6-10



“E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência. E sucederá que, quando vos multiplicardes e frutificardes na terra, naqueles dias, diz o SENHOR, nunca mais se dirá: A arca da aliança do SENHOR, nem lhes virá ao coração; nem dela se lembrarão, nem a visitarão; nem se fará outra.”[Jeremias 3 : 15 a 16]

Antes de começar a sintetizar minha indignação e de certa forma vergonha, gostaria de informar as igrejas citadas neste artigo que nada tenho contra as pessoas serias que congregam ou visitam essas igrejas.
Meu questionamento não é contra as pessoas que ali estão e sim as práticas anti-bíblicas praticadas ali. Que me desculpem por citar o nome da igreja, mas se faz necessário.

Igreja Quadrangular 

Foto
Arca da Aliança do Paraguai no templo da igreja Quadrangular

 Vídeo


 

Igreja Universal do RD

Fotos
Arca da Aliança do Paraguai no templo da IURD
 “Nesse momento eu estarei distribuindo réplicas da arca, vocês virão, só os que crêem, e irão pegar a arca com a mão direita. Levarão a arca para casa, deixarão de hoje até amanhã num lugar específico. E amanhã vocês devolverão a arca com uma oferta a Deus.”

Uma réplica grande, de metal, da arca da aliança, pode ser levada pra casa, pela módica oferta de R$ 10.000,00. A réplica média, pede uma oferta de R$ 5.000,00, e a menor, uma oferta de R$ 1.000,00.

Vídeo

 

Quero começar este artigo com algumas citações bíblicas.

“A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira,
E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem.
E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira;
Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade.” [II TESSALONICENSES 2: 9 a 12]

“Naquele tempo muitos ficarão escandalizados, trairão e odiarão uns aos outros, e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos.” [Mateus 24: 10-11]

“Mas vendo o povo que Moisés tardava em descer do monte, acercou-se de Arão, e disse-lhe: Levanta-te, faze-nos deuses, que vão adiante de nós; porque quanto a este Moisés, o homem que nos tirou da terra do Egito, não sabemos o que lhe sucedeu.” [ÊXODO 32:1]


Antes de dar continuidade quero externar meu Pedido de desculpas aos Cearenses e Judeus.

Vale salientar que nada tenho contra os Cearenses e sim com as praticas deste cearense em especifico. E nem contra os Judeus, por ter afinidades com ambos. O senhor Yossef Akiva tem manchado tanto os Cearenses quanto aos Judeus sem falar na mancha provocada no evangelho genuíno e bíblico.

No evangelho de Lucas 17.1-10, o nosso Senhor Jesus disse aos seus discípulos [leia com atenção]: “É inevitável que venham escândalos, mas ai do homem pelo qual eles vêm! Melhor fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e fosse atirado no mar, do que fazer tropeçar a um destes pequeninos. Acautelai-vos. Se teu irmão pecar contra ti, repreende-o se ele se arrepender, perdoa-lhe. Se, por sete vezes no dia, pecar contra ti e, sete vezes, vier ter contigo, dizendo: Estou arrependido, perdoa-lhe. Então, disseram os apóstolos ao Senhor: Aumenta-nos a fé. Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar e ela vos obedecerá. Qual de vós, tendo um servo ocupado na lavoura ou em guardar o gado, lhe dirá quando ele voltar do campo: Vem já e põe-te à mesa? E que, antes, não lhe diga: Prepara-me a ceia, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo depois, comerás tu e beberás? Porventura, terá de agradecer ao servo porque este fez o que lhe havia ordenado? Assim também vós, depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, direis: Somos servos inúteis, porque fizemos apenas o que devíamos fazer.”

O projeto de adoração da arca da aliança foi criado pelo Pr. Yossef Akiva que tem ganhado milhões com isso.
Pr. Yossef Akiva, também conhecido como Pr. José Marcelo Pessoa de Paula (seu nome de batismo e de registro civil antes de ser mudado por ele mesmo.), um cearense que apareceu vestido de judeus com barba, kipá ou solidéu, talit e tudo mais, agora este mais parecido com um ator hollywoodiano.

Não vou falar muito sobre este cearense, pois ele não é o motivo deste artigo, apesar de ser um dos criadores desta heresia.[querendo saber mais sobre o Pr.Yossef Akiva ou Pr. José Marcelo Pessoa de Paula clique neste link]

Abaixo está ele bem no inicio de seu ministério onde foi encontrado pelo Pr. Marcos Feliciano, que também mudou muito, sombra celhas feitas, lentes cor de mel e cabelos longos. [ para saber mais sobre o Pr.Marcos Feliciano clique aqui].

Saindo da arcalomania vamos para o que nos interessa, a base bíblica sobre a arca.

Como o líder (Moises) estava demorando o povo fez um bezerro e hoje em nossos dias alguns achando que Yeshu (Jesus) está demorando demais tem se aproveitado da ocasião para fazer bibelôs de objeto de adoração, primeiro na igreja universal e agora na igreja Quadrangular.
O que deveria ser feito em presenciar um momento desse na igreja: A bíblia responde.
20  E tomou o bezerro que tinham feito, e queimou-o no fogo, moendo-o até que se tornou em pó; e o espargiu sobre as águas, e deu-o a beber aos filhos de Israel.
21  E Moisés perguntou a Arão: Que te tem feito este povo, que sobre ele trouxeste tamanho pecado?

Moisés passou quarenta dias no monte [capítulo 24:18], na presença do SENHOR, para receber a primeira parte da lei: os estatutos sobre o relacionamento civil, e instruções sobre as três festas anuais e sobre a conquista de Canaã.

Enquanto isso, o povo se sentiu abandonado pelo seu grande líder. Seu profeta, havia desaparecido montanha acima e eles queriam ter outro objeto visível, formado ao seu gosto, que representasse o seu Deus, a quem pudessem render culto.

Hoje os que se chamam "cristãos": não satisfeitos com o Deus invisível, que se tem revelado poderosamente através dos tempos através do seu povo, do seu Filho, e do seu Espírito, eles querem um objeto visível e palpável, um símbolo, uma imagem, ou um ícone, para receber sua homenagem e adoração como representante de Deus.

Arão fez com seu ouro um bezerro, ou novilho. Esse era um animal sagrado no Egito, onde cultuavam o "deus" Apis, um touro. Também os cananeus representavam Baal (Senhor), ou Moloque, como um touro, símbolo para eles de força e fertilidade, em cujo culto eles praticavam atos de imoralidade sexual. Os israelitas acharam, portanto, natural fazer a estátua de um novilho, para representar o Deus que os havia levado até ali.

Mas, ao fazer isso, eles se esqueceram dos primeiros dois mandamentos do SENHOR. Eles podiam ter boas intenções, podiam ser sinceros, podiam mesmo pensar que estavam cultuando a Deus, mas isso não desculpava a sua desobediência. Mesmo se não fazemos ídolos, podemos ser culpados de procurar moldar nosso Deus à nossa imagem para ajustá-lo às nossas expectativas, desejos e circunstâncias. Devemos sempre recorrer à sua Palavra para nos lembrarmos de como Ele realmente é, qual é a Sua vontade, como devemos nos aproximar dEle, com que espécie de sacrifícios Ele se agrada e de que forma Ele deve ser adorado.

Lamentavelmente é o divertimento que atrai muita gente para certas "igrejas" hoje em dia. Alguns "cultos de louvor" não passam de um vergonhoso deboche, onde as emoções são ativadas hipnoticamente por frases e corinhos repetidos muitas vezes ao som de música estridente, e por cenas inesperadas e chocantes manipuladas por "pastores" ávidos por uma boa arrecadação financeira. A falta de reverência é notória, o alvo sendo apenas a satisfação pessoal.

ENTENDENDO A ARCA

Somente os Levitas podiam carregar a arca da aliança.
1 Crônicas – Capítulo 15:1 a 2

“Para o seu próprio uso, Davi construiu casas na Cidade de Davi. Também preparou um lugar para a arca da aliança de Deus e armou uma barraca para ela.
Então disse: – Somente levitas podem carregar a arca da aliança porque foram eles que o SENHOR Deus escolheu a fim de carregá-la e para servi-lo para sempre.”

A imitação fajuta projetada nos dias atuais.

Formada por dois querubins ajoelhados de frente um para o outro, cujas asas esticadas para frente, tocavam-se na extremidade, formando um arco, de modo defensor e protetor.

A Arca da Aliança, Arca de Deus ou Arca do Pacto (hebraico:ארון הברית aróhn hab•beríth; grego: ki•bo•tós tes di•a•thé•kes”) é descrita na Bíblia como o objeto em que as tábuas dos Dez mandamentos teriam sido guardadas, como também veículo de comunicação entre Deus e seu povo escolhido. Foi objeto de veneração entre os hebreus até seu desaparecimento, que segundo especulações, ocorreu na conquista de Jerusalém por Nabucodonosor.

Origem

No livro de Êxodo, a montagem da Arca foi orientada por Moisés, que por instruções divinas indicou seu tamanho e forma. Nela foram guardadas as duas tábuas da lei; a vara de Aarão; e um vaso do maná. Estas três coisas representavam a aliança do Deus Yeovahh com o povo de Israel. Para judeus e prosélitos a Arca não era só uma representação, mas a própria presença de Deus.


Construção

A Bíblia descreve a Arca da Aliança da seguinte forma: caixa e tampa de madeira de acácia, com 2 côvados e meio de comprimento (um metro e onze centímetros ou 111cm), e um côvado e meio de largura e altura (66,6 cm). Cobriu-se de ouro puro por dentro e por fora. – [Êxodo 25:10 a 16] Para seu transporte, necessário para um povo ainda nômade (nómada), foram colocadas quatro argolas de ouro nas laterais, onde foram transpassados varas de acácia recobertas de ouro. Assim, o objeto podia ser carregado pelo meio do povo.Sobre a tampa, chamada Propiciatório "o Kapporeth", foi esculpida uma peça em ouro, formada por dois querubins ajoelhados de frente um para o outro, cujas asas esticadas para frente, tocavam-se na extremidade, formando um arco, de modo defensor e protetor. Eles se curvavam em direção à tampa em atitude de adoração [Êxodo 25:10-21; 37:7-9]. Segundo relato do verso 22, Deus se fazia presente no propiciatório no meio dos dois Querubins de ouro em uma presença misteriosa que os Judeus chamavam Shekinah ou presença de Deus.

A Arca fazia parte do conjunto do Tabernáculo, com outras tantas especificações. Ela ficaria repousada sobre um altar, também de madeira coberto de ouro, com uma coroa de ouro ao lado.Somente os sacerdotes levitas poderiam transportar a tocar na arca, e apenas o Sumo-Sacerdote, uma vez por ano, no dia da expiação, quando a Luz de Shekiná se manifestava, entrava no santíssimo do templo. Estando ele em pecado, morreria instantaneamente.Outros relatos bíblicos se referem ao roubo da arca por outros povos inimigos de Israel (filisteus), que sofreram chagas e doenças enquanto tinham a arca em seu poder. Homens que a tocavam que não fossem levitas ou sacerdotes morriam instantaneamente.
Mesmo que Yeshua (Jesus) demore, não vamos nos deixar levar pelos falsos profetas e criarmos ídolos para colocar em nosso meio.

Vamos preservar as doutrinas e permanecermos fieis até a morte.
“Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persiste nela, pois fazendo isto, te salvarás a ti mesmo e aos que te ouvem” [1 Timóteo 4:16]

“Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo.
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.
Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.
Pois busco eu agora o favor dos homens, ou o favor de Deus? ou procuro agradar aos homens? se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.”
Gálatas 1:6-10

Me deu uma angústia, uma vontade de chorar ao ver esse vídeo. Falsos pastores jogando fora o sacrifício de Jesus na Cruz, anulando o sacrifício do Cordeiro de Deus e voltando sob o jugo da Lei, adorando uma Arca, deixando Jesus do lado de fora da Igreja e deixando Satanás enganar ao povo, voltado à escravidão. Tenha misericórdia Elohim (Deus) do teu povo, que perece por falta de conhecimento (Oséias 4:6).

Pr. Gênesis Costa

---------------------------------------------------------------
Segue abaixo um comentário que me foi enviado pelo amado Pr. Gênesis Costa que assim como eu sente a necessidade de alertar o povo de Hashem (O nome) sobre os cuidados com a casa de Elohim (Deus) e as doutrinas bíblicas.


A arca da aliança representava a presença de Deus no meio de seu povo. Quando foi estabelecida por Deus ela continha três elementos representativos (Hebreus 9.4):


1) As tábuas da Lei - com os dez mandamentos, representando toda a Lei de Deus para seu povo;


2) A urna com maná - representava o Deus provedor, do nosso pão de cada dia (Êxodo 16.15,31); e


3) A vara de Arão representava a liderança escolhida por Deus para seu povo (Números 17.1-13).


O desleixo do povo atingiu tal nível que, quando Salomão construiu o templo, a arca só continha as tábuas da Lei (2 Cr 5.10); os outros elementos, já se tinham perdido! E quando o templo foi reconstruído após o cativeiro babilônico e os utensílios foram trazidos, a arca já não existia mais. Esdras registra a conclusão do templo no capítulo 6.15: “Acabou-se esta casa no dia terceiro do mês de adar, no sexto ano do reinado de Dario”.
O Dr. Russel Shedd comenta no rodapé da Bíblia Vida Nova: “O templo se completou em 516 a.C, no dia 10 de março. O que faltou do templo era a arca da aliança simbolizando a presença de Deus, que desapareceu sem deixar sinal, por ocasião da destruição do templo de Salomão”.
O profeta Jeremias registra no capítulo 3.15,16: “Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência. Sucederá que, quando vos multiplicardes e vos tornardes fecundos na terra, então, diz o Senhor, nunca mais se exclamará: A arca da aliança do Senhor! Ela não lhes virá à mente, não se lembrarão dela nem dela sentirão falta; e não se fará outra”. A meu ver, os pastores têm a responsabilidade ao ministrarem ao povo de Deus:

1) provarem que são escolhidos para apascentarem o povo de Deus;

2) ter o alimento que o povo de Deus precisa para sua edificação; e

3) manejar bem a Palavra da verdade para dirigir o povo de Deus (2 Timoteo 2.15; Js 1.7,8; 1 Pedro 4.11).


A adoração em espírito e em verdade (João 4.23,24) como exigência estabelecida por Deus para adoração, condição sine qua non (sem a qual não), está sendo negligenciada por alguém. Criam-se elementos visíveis e apalpáveis para os seus cultos, com isso, estão substituindo o espiritual (2 Co 4.18; Hb 10.38,39; 11.1,6) pelo material, como o paganismo que através de imagens (Dt 4.15-19 ) oferecem seus cultos às suas divindades. Alertemos o povo de Deus contra essa apostasia que sinaliza a volta iminente de Jesus (2 Ts 2.3). A inclusão no culto a Deus, sem a devida base bíblica, de elementos tais como: arca da aliança, pão ungido, rosa ungida, água do rio Jordão, entre outros (a lista é enorme!!!), nos remete novamente ao paganismo que tanto a Bíblia condena! Jeremias alertou sobre os falsos profetas (Jr 23. 1-4, 21,22). Que Deus nos ajude!

Pr. Gênesis Costa - São Miguel Paulista - São Paulo
-----------------------------------------------------------------------


Que o Eterno nos abençoe.
Em amor, Daniel Alves Pena
Share this article :

5 comentários:

Antonio Leite disse...

Prezado pastor concordo plenamente com esta palavra mas diante de tudo que voce colocou sobre a arca quero fazer uma pegunta tenho uma banda que se chama ministerio de louvor paz real e um amigo nosso trabalha com desaine grafico fez um logotipi pra nossa banda e no logotipo existe um desenho que lembra muito a arca da aliança entendo que nao devemos fazer replica da arca sobre seu formato usar somente como simbolo o senhor pode me orientar seria errado?

Daniel Alves disse...

Não vejo nenhum erro em fazer o logotipo parecendo a arca, o problema está em adorar a Arca da Aliança.
Espero ter ajudado, continue adorando. Paz

Marcio disse...

Boa noite estou com um problema na igreja que eu congrego em Guarulhos o pastor resolveu fazer uma campanha da arca do conserto e fez uma replica dela........quando cheguei no culto logo a vi na frente do pupito em cima de uma mesa.......na hora da pregação foi convidado um presbitero de outra igreja para pregar o mesmo falava que a arca representava o Senhor e que tem a arca tem Jesus e que não tem esta com serios problemas vendo isto me retirei da igreja e fiquei na calçada so ouvindo.....ao terminar o culto apos todas as vizitas forem embora fui questionar a lidereança da igreja aquela arca e o mesmo me falaram que era normal e que não estavam adorando a mesma pois alegaram que ate as assembleias de Deus fazem o mesmo ...não aceitei tal argumento e disse que estavam blasfemando e indolatrando contra o Senhor não aceitaram o que eu falei.........no domingo agora no final do culto o pastor veio falar comigo pois no dia que eu reclamei da arca o mesmo não estava no culto.....o mesmo falou que eu estava errado e que tinha que pedir desculpa pra ele pois chamei ele de indolatra por causa da arca como me recusei a pedir desculpa e afirmei que ele estava pecando contra o Senhor por causa de tal arca o mesmo me disse que se ele estive-se errado que um caminhão o atropela-se ele no dia de hoje e se tive-se certo que eu paga-se o preço pelo erro fora outras ofensas que recebi da parte dele........então gostaria de saber do senhor qual atitude devo tomar e na minha posição creio que não estou errado mas se for o caso que o senhor me diga se for possivel...desde ja agradeço por tudo e aguardo ancioso por sua resposta...... que a paz do Senhor esteja contigo e sua familia... um abraço.

Daniel Alves disse...

Caro leitor e irmão em Cristo Jesus, Marcio, em seu lugar eu procuraria uma igreja compromissada com a verdade bíblica e pediria carta de transferência, afinal de contas quem está guiando a igreja em que você está não é o Espírito Santo e sim o pastor.
Segue meu email, caso queira conversar sobre o assunto.
danielpweb@gmail.com

Dourado Eduardo disse...

concordo plenamnente Pr.

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)