Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :

Latest Post

EU PROFETIZO NA SUA VIDA - VOCÊ VAI PADECER POR CRISTO

Postado por Daniel Pena em sábado, 21 de janeiro de 2017 | 15:02


Por que vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo, e não somente crerdes nele

Esse é o evangelho que está fora de moda, pois a moda agora é decretar a vitória, não aceitar as tribulações e alguns estão até dando voadora no diabo.

Padecer por Yeshua para muitos é vergonhoso e falta de poder.

Alguns até dizem: "Eu jejuo 3 vezes por semana; Eu vou a consagração; eu oro na madrugada."  
E muitos acham que isso da a eles o direito de passar por nenhum tipo de provação ou privação.
Não estou falando de masoquismo (01) ou de puritanismo e sim de evangelho de verdade onde as dores fazem parte do caminho.

Sempre ouvia minha falecida mãe dizendo:"Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. (Salmos 126.6)".
A onda agora é diferente, basta você participar de uma campanha dessas milagrosas que Deus vai mudar sua estória.

Deixo para os amigos a reflexão sobre o texto abaixo.



"27 Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.
28 E em nada vos espanteis dos que resistem, o que para eles, na verdade, é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isto de Deus."
“Por que vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo, e não somente crerdes nele...” (Filipenses 1:29).
"30 Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e agora ouvis estar em mim." (Filipenses 1:29).

(01) Masoquismo
-  atitude de uma pessoa que busca o sofrimento, a humilhação, ou que neles se compraz.

By Daniel Alves Pena

Não acredite em todos que dizem que dariam a vida por você

Postado por Daniel Pena em quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 | 05:20



O texto abaixo foi extraído de João 13.36-38 e servirá para nossa análise.
- Simão Pedro: Senhor, para onde vais? 
- Jesus lhe respondeu: Para onde eu vou não podes agora seguir-me, mas depois me seguirás.
- Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida.
- Respondeu-lhe Jesus: Tu darás a tua vida por mim? 
Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo enquanto não me tiveres negado três vezes."

"Não podes agora seguir-me, mas depois me seguirás"
Yeshua sabia que Pedro não estava pronto e que o amor que ele sentia por Yeshua não era lá essas coisas.

Mas Yeshua não desprezou ou teve qualquer repulsa a Pedro, pois Yeshua se relaciona conosco não pelo que somos e sim pelo que nos tornaremos ao seguir seus exemplos e os mandamentos.
Yeshua acredita em nosa mudança o problema é que não damos a mesma oportunidade a outras pessoas ate que elas provem não serem merecedoras, como foi o caso de Judas.

 Em nosso meio é quase que normal diante das decepções com amigos ou familiares criarmos uma espécie de parede entre nós e a pessoa que de certa forma não está pronta ainda para seguir-nos, cabe assim usarmos em nossas vidas o exemplo do mestre.

- Não podes agora seguir-me, mas depois me seguirás
Acreditar na mudança de caráter e de personalidade foi a máxima do ministério de Yeshua que mesmo sabendo das deficiências de Pedro, Tomé e Judas, os amou até o fim.
É um amor sem esperar nada em troca apenas amar pura e simplesmente.

Um amor desinteressado onde muitas das vezes só uma das partes em uma amizade ou relacionamento se faz presente, amar assim é muito difícil e se faz necessário entender verdadeiramente a essência do evangelho e o exemplo de Yeshua.

Por muito pouco excluímos pessoas de nossos relacionamentos de amizade por deslizes que elas cometem contra nós.

Ainda bem que Yeshua não agiu assim do contrário a história de Pedro seria bem diferente, nós ao invés de praticarmos este exemplo do mestre, preferimos usar outras falas que Ele usou em momentos totalmente errados e fora de contexto.
Muitos que estão lendo ou não este texto provavelmente teriam dito para Pedro: "Para trás de mim, Satanás" ou teriam repreendido, amarrado e por ai vai.

Entenda que todos nós dependemos da misericórdia do Eterno para chegar ao céu e por essa razão nenhum de nós, nenhum de nós, nenhum de nós está na condição de guardar rancor do outro sem oferecer a oportunidade da pessoa mudar conosco.
Então temos que parar com as tais:
Não olhe mais na minha cara, não quero você nem passando perto de mim,sabe aquele irmão que não fala com você e nem você com ele por razões de desentendimento, pratique o exemplo de Yeshua e seja feliz.

Antes de cultuar ou até mesmo de orar em sua casa lembre-se de: Mateus 5
“23 Assim sendo, se trouxeres a tua oferta ao altar e te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, 24 deixa ali mesmo diante do altar a tua oferta, e primeiro vai reconciliar-te com teu irmão, e depois volta e apresenta a tua oferta.”
Em amor.
Daniel Alves Pena

Se eu tirar de você a capa de pastor, evangelista ou de diácono o que sobra?

Postado por Daniel Pena em segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 | 16:15



Se eu tirar de você a capa de pastor, evangelista ou de diácono o que sobra?
Você pode dizer qualquer coisa sobre você, porem o que vale para muitos não é o que você diz sobre você e sim o que os outros dizem sobre você.
Normalmente alguns costumam viver sem se importar com a opinião dos outros sobre sua índole, seu caráter e sua ética ou falta dela.

A principio a maioria não se importa com a opinião dos outros, afinal o que importa essa opinião.
Pois bem, no convívio religiosos muitos exercem funções e passam a viver debaixo da capa protetora da função eclesiástica que ocupa e quando alguém pergunta sobre quem ele é, logo se ouve: Eu sou pastor, evangelista ou de diácono. Mas alem disso o que mais você é? Como as pessoas dentro da religião te veem? Como seus vizinhos te veem?

Talvez você ainda não conseguiu entender bem o que eu pretendo com essa nota.
Então vamos tornar mais claro, sua mãe, seus irmãos, seus tios, filhos e filhas e demais parentes não te enxergam pela função eclesiástica ou pelo menos não deveria pois o que você é de fato é o resumo do que falam de você nos corredores da vida, das vielas e até nos corredores das igrejas.

Yeshua tinha suas preocupações sobre o tema abordado nesse pequeno texto, veja abaixo:
Em Marcos 8:27-29, Jesus abordou os discípulos com duas perguntas: A primeira foi “Quem dizem os homens que sou eu?”'. A segunda foi “Mas vós, quem dizeis que eu sou?”.

Por isso amigo ou amiga tome muito cuidado com o que dizem sobre você, pois isso gera nas pessoas quem você é de fato e não o que você diz a seu respeito.

João 4:42 “...Já agora não é pelo que disseste que nós cremos; mas porque nós mesmos temos ouvido e sabemos que este é verdadeiramente o Salvador do mundo”.

Mas afinal, quem é você sem a capa? Você é quem mesmo?
Por Daniel Alves Pena

Sou do tempo em que no evangelho...

Postado por Daniel Pena em sexta-feira, 25 de novembro de 2016 | 18:33



Sou do tempo em que no evangelho as provações geravam paciência para no tempo do Eterno passarmos pelas provas e ganharmos experiências na caminhada.(Agora se decreta a vitória e não se aceita as provas)
Sou do tempo em que no evangelho aprendíamos que teríamos aflições e poderíamos sair feridos em muitas das vezes (Agora é só vitoria)
Sou do tempo em que no evangelho resistíamos ao diabo. (agora se pisa sobre a serpente e atropela o diabo e coloca ele pra correr)
Sou do tempo em que no evangelho a palavra era suficiente para a edificação.(agora temos tantas modernidades que me assusto)
Sou do tempo em que no evangelho quando se dizia que era crente éramos respeitados.(Hoje está difícil encontrar crentes verdadeiros)
Sou do tempo em que no evangelho nos testemunhos se falava de nova vida.(hoje se fala da nova casa, do novo carro)
Sou do tempo em que no evangelho havia reverencia no culto.(Hoje está a revelia)
Sou do tempo em que no evangelho em que íamos a Igreja falar com o Eterno.(Hoje se fala no WhatsApp)
Sou do tempo em que no evangelho o mais importante eram as almas.(Hoje são os objetos e o dízimo )
Sou do tempo em que no evangelho as Igrejas eram humildes porem haviam conversões.(Hoje existem palácios e o proselitismos aumentou)
Sou do tempo em que no evangelho em que ser homossexual fora da Igreja era pecado.(Hoje já temos pastor casando com pastor)
Sou do tempo em que no evangelho Yeshua era o teor da mensagem.(Hoje é a prosperidade e a cura)
Sou do tempo em que no evangelho pra ser pastor era muito difícil.(Hoje, prefiro nem comentar)


"2 Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações;
3 Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência.
4 Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma."(Tiago 1.2-4)

Por Daniel Alves Pena

A tradição e o costume

Postado por Daniel Pena em quarta-feira, 2 de novembro de 2016 | 11:43


"Costumes existem para satisfazer necessidades sociais e políticas de um determinado período, tradição é um conjunto maior que pertence à cultura de um povo, conjunto este que somente se mantém e se preserva quando há um valor universal contido nele"


A tradição não evolui. As espécies evoluem. Por processos ditados pela natureza. Uma tradição não é um organismo. A tradição não mudou, foram os hábitos e costumes das pessoas que são membros ou sacerdotes das mesmas que mudaram.



Tradição (do latim: traditio, tradere = entregar ou "passar adiante"), é a continuidade ou permanência de uma doutrina, visão de mundo, costumes e valores de um grupo social ou escola de pensamento.Ao nível da etnografia, a tradição revela um conjunto de costumes, comportamentos, memórias, rumores, crenças, lendas, música, práticas, doutrinas e leis que são transmitidos para pessoas de uma comunidade, sendo que os elementos passam a fazer parte da cultura.

Designam-se como costumes as regras sociais resultantes de uma prática reiterada de forma generalizada e prolongada, o que resulta numa certa convicção de obrigatoriedade, de acordo com cada sociedade e cultura específica. [Wikipédia]

Costuma-se comparar a escravidão ou outro exemplo de costume que tem em uma sociedade, antiga ou moderna, que são mantidos em nome da tradição. Costumes existem para satisfazer necessidades sociais e políticas de um determinado período, tradição é um conjunto maior que pertence à cultura de um povo, conjunto este que somente se mantém e se preserva quando há um valor universal contido nele.

Os jovens de hoje confundem costumes com hábitos que aparecem com a moda de hoje e em nome dessa boa nova, trazem essas "boas novas" para dentro das Igreja e com isso o que é moda passa a ser costume e como toda moda passa, os costumes também passaram por estarem embasados no modismo e não em herança dos velhos sábios que hoje são desprezados por não saberem como lidar com essa diferença cada vez mais gritante no meio da Igreja.

A evolução "criou" o gato doméstico. Eu imagino o que o tigre pensa dessa evolução. 
Um dia não haverá mais tigres, porque nós tiraremos todo o habitat deles. 
Um dia em um culto alguém irá estranhar a presença de um tradicionalista. 

Substitua essa tradição por outra e nos tornamos dinossauros ou peças de museu porque os ecléticos se multiplicam rapidamente e poucos tradicionalistas escolhem mostrar a cara e se juntar a nós novamente.
Portanto, eu acho que mudanças às vezes acontecem por uma falha no esforço, trabalho negligente e o desenvolvimento de hábitos que não são consistentes como o que veio anteriormente.




Para corroborar com minhas falas deixo alguns versos da Torá.

II Crônicas 10:4-19
4 Teu pai fez duro o nosso jugo; agora, pois, alivia tu a dura servidão de teu pai, e o pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos.
5 E ele lhes disse: Daqui a três dias voltai a mim. Então o povo se foi.
6 E tomou Rehovam conselho com os anciãos, que estiveram perante Shlomom seu pai, enquanto viveu, dizendo: Como aconselhais vós que se responda a este povo?
7 E eles lhe falaram, dizendo: Se te fizeres benigno e afável para com este povo, e lhes falares boas palavras, todos os dias serão teus servos.
8 Porém ele deixou o conselho que os anciãos lhe deram; e tomou conselho com os jovens, que haviam crescido com ele, e estavam perante ele.
9 E disse-lhes: Que aconselhais vós, que respondamos a este povo, que me falou, dizendo: Alivia o jugo que teu pai nos impôs?
10 E os jovens, que com ele haviam crescido, lhe falaram, dizendo: Assim dirás a este povo, que te falou: Teu pai agravou o nosso jugo, tu porém alivia-nos; assim, pois, lhe falarás: O meu dedo mínimo é mais grosso do que os lombos de meu pai.
11 Assim que, se meu pai vos carregou de um jugo pesado, eu ainda aumentarei o vosso jugo; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões.
12 Veio, pois, Yeroboham, e todo o povo, ao terceiro dia, a Rehovam, como o rei havia ordenado, dizendo: Voltai a mim ao terceiro dia.
13 E o rei lhes respondeu asperamente; porque o rei Rehovam deixara o conselho dos anciãos.
14 E falou-lhes conforme o conselho dos jovens, dizendo: Meu pai agravou o vosso jugo, porém eu o aumentarei mais; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões.
15 Assim o rei não deu ouvidos ao povo, porque esta mudança vinha de Elohím, para que o YE’CHUA יהרה confirmasse a sua palavra, a qual falara pelo ministério de Ahíyahu, o silonita, a Yeroboham, filho de Nebate.
16 Vendo, pois, todo o Ysrael, que o rei não lhe dava ouvidos, tornou-lhe o povo a responder, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Já não temos herança no filho de Yischay. Cada um à sua tenda, ó Ysrael! Olha agora pela tua casa, ó Davi. Assim todo o Ysrael se foi para as suas tendas.
17 Porém, quanto aos filhos de Ysrael, que habitavam nas cidades de Yehudá, sobre eles reinou Rehovam.
18 Então o rei Rehovam enviou a Hadorão, que tinha cargo dos tributos; porém os filhos de Ysrael o apedrejaram, e ele morreu. Então o rei Rehovam se esforçou para subir ao seu carro, e fugiu para Yerushalaim.
19 Assim se rebelaram os Ysraelitas contra a casa de Davi, até ao dia de hoje. (fonte do texto bíblico - AQUI)

O individualismo autista dos usuários de WhatsApp

Postado por Daniel Pena em sexta-feira, 10 de junho de 2016 | 18:18


Este artigo não se aplica às pessoas que usam de forma moderada o WhatsApp


O relato e a reflexão abaixo não demonstra que o autor deste texto não faça uso do aplicativo em questão, apenas que o vicio seja ele qualquer é prejudicial, tanto a saúde como ao convívio social. 
O mau uso do WhatsApp gera um comportamento individualista quase que autista na sociedade moderna.

Ao término deste texto haverá um relato sobre o autismo onde entre parênteses será adicionado o nome WhatsApp e você poderão notar que é bem relativo minha exposição sobre o tema.

As pessoas não se ouvem mais, não escutam a mais ninguém e se encontram falando ao celular.
 Nos dias atuais é quase que normal a utilização do WhatsApp nos horários de cultos em Igrejas, trabalho e principalmente nos momentos que deveriam ser dedicados a família.
O WhatsApp, um sistema de mensagens instantâneas, está impondo um novo jeito de interagir entre as pessoas: agora preferem escrever ao invés de falar.


O uso desenfreado de aplicativos de troca de mensagens como Whatsapp pode ser prejudicial a saúde e já tem até nome, whatsappite. Uma pesquisa, realizada no ano passado nos Estados Unidos por uma empresa de publicidade para celular, revelou que, em média, as pessoas checam o aparelho 110 vezes por dia. 
Outra estatística, apresentada pela Nokia em 2010, mostrava até 150 checagens diárias.


Indícios de que o WhatsApp te prejudica

1. Dependência psicológica
A dependência pode trazer falta de controle e sensação de impotência diante do vício de ser sempre induzida a fazer algo. No caso do celular, de estar online, conversando, postando boas imagens, às vezes atrapalhando a rotina, o lazer, e até o sono.



2. Falta de foco
O desvio de atenção pode ser considerado falta de profissionalismo. É inegável que o aplicativo facilite a comunicação, mas no durante o expediente de trabalho restrinja ao uso estritamente profissional.


3. Exposição desnecessária
Os termos utilizados também precisam ser observados, principalmente, se o celular que você usa é da empresa, para que as mensagens não sejam inadequadas. Todo o conteúdo gerado e enviado do aparelho é passível de ser examinado (inclusive, se você apagar conversas, o histórico pode ser recuperado).



4. Comportamento anti-social
A dependência do comportamento traz prejuízos ou problemas importantes quando coloca emprego, relacionamento, convívio social e familiar, ou vida acadêmica em risco. É quando a pessoa negligencia tarefas e opta pela perda da qualidade de vida.


5. LER
A ‘whatsappite’ também pode ocasionar lesões por esforço repetitivo. Além de afetar articulações nos dedos e pulsos, os ombros podem ficar lesionados por conta da posição flexionada. A luminosidade excessiva e o esforço de leitura também pode prejudicar a visão.

DIAGNÓSTICO DO AUTISMO

Crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) já começam a demonstrar sinais nos primeiros meses de vida: elas não mantêm contato visual efetivo e não olham quando você chama. (usuário de WhatsApp) déficit de comunicação social e um segundo relativo a comportamentos/interesses restritos e repetitivos. (usuário de WhatsApp)

O que é AUTISMO ou TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA?
Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos.(usuário de WhatsApp)
 Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas dificuldades, o seu estado irá afetá-las com intensidades diferentes. Assim, essas diferenças podem existir desde o nascimento e serem óbvias para todos; ou podem ser mais sutis e tornarem-se mais visíveis ao longo do desenvolvimento.


O autismo é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social (usuário de WhatsApp) , comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo(usuário de WhatsApp) .

Indivíduos autistas exibem muitas formas de comportamento repetitivo ou restrito, que o Repetitive Behavior Scale-Revised (RBS-R) categoriza como se segue.

Estereotipia é o movimento repetitivo, como agitar as mãos, virar a cabeça de um lado para o outro ou balançar o corpo. (usuário de WhatsApp)[olhando inúmeras vezes para o aparelho celular]

Comportamento ritualista envolve um padrão invariável de suas atividades diárias, como um menu imutável ou um ritual de vestir. Isto está intimamente associado com a uniformidade e uma validação independente sugeriu a combinação dos dois fatores. (usuário de WhatsApp)[olhando inúmeras vezes para o aparelho celular]

Comportamento restrito é o foco limitado em um só interesse ou atividade, como a preocupação com um programa de televisão, brinquedo ou jogo. (usuário de WhatsApp)


Tratamentos do Autismo

Os principais objetivos no tratamento de crianças com autismo são:
Estimular o desenvolvimento social e comunicativo;(usuário de WhatsApp)
Aprimorar o aprendizado e a capacidade de solucionar problemas;(usuário de WhatsApp)
Diminuir comportamentos que interferem com o aprendizado e com o acesso às oportunidades de experiências do cotidiano (usuário de WhatsApp)
Ajudar as famílias a lidarem com o autismo.(usuário de WhatsApp)

Por Daniel Alves Pena

Histórico da Obra

Histórico das Igrejas em Obra de Restauração no Brasil


O material contido neste histórico foi coletado em sites e através de pesquisas que duraram um ano e cinco meses, e está sendo disponibilizado gratuitamente para os que ainda não conhecem nosso histórico.

Primeiro Livro

O colapso das “Igrejas Evangélicas”


A obra apresenta dezesseis artigos relacionados à vida e à identificação de algumas igrejas evangélicas que passam, segundo o próprio autor, que é evangélico, por um colapso da apostasia.

Segundo Livro

Perdoa-nos assim como nós perdoamos
Você perdoa facilmente? Ama intensamente? Briga com facilidade? Tem muitos amigos? Confia em muitas pessoas? Sabe dizer quando está certa ou errada? Prefere morrer por quem ama, ou viver sem a pessoa amada? Considera-se uma pessoa controlada?

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Carregando...

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

Seguidores do Google+

Desenhos bíblicos - Evangelizando os pequeninos

EU TENHO UM SONHO

Mensagem na Assembleia de Deus em Nova Campina

PROMOÇÃO SUBMARINO

A escolha de Deus

PROMOÇÃO CASAS BAHIA

Ministério pastoral - Base bíblica

PROMOÇÃO RICARDO ELETRO

A igreja continuísta

PROMOÇÃO LIVRARIA SARAIVA

Elohim, qualquer adoração?

Como você conheceu o blog?

PARCEIRO

Estudo na Assembleia de Deus em Suruí

PROMOÇÃO LOJAS AMERICANAS

O uso do véu: uma abordagem simples

PROMOÇÃO PONTO FRIO

Resposta a CACP - Sobre o véu

PROMOÇÃO EXTRA

Daniel Pena contesta Pr. Ivan Saraiva

PROMOÇÃO LIVRARIA DA FOLHA

Ateísmo e religião

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)