Nem sempre uma ação provoca reação de igual intensidade e em sentido contrário - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Nem sempre uma ação provoca reação de igual intensidade e em sentido contrário

Nem sempre uma ação provoca reação de igual intensidade e em sentido contrário

Postado por Daniel Pena em sexta-feira, 30 de abril de 2010 | 22:39



A Terceira Lei de Newton também é conhecida como Lei do Par Acção-Reação
"Toda ação provoca uma reação de igual intensidade e em sentido contrário".Quando um corpo A exerce uma força sobre um corpo B, simultaneamente o corpo B exerce uma força sobre o corpo A de intensidade e direção igual mas em sentido oposto.A força que A exerce em B e a correspondente força que B exerce em A constituem o par ação-reação dessa interação de contato (colisão). Essas forças possuem mesma intensidade, mesma direção e sentidos opostos. Ou seja:Ao aplicarmos a terceira lei de Newton, não podemos esquecer que as forças de ação e reação:estão associadas a uma única interação, ou seja, correspondem às forças trocadas entre apenas dois corpos;têm sempre a mesma natureza (ambas de contato ou ambas de campo), logo, possuem o mesmo nome (o nome da interação);atuam sempre em corpos diferentes, logo, não se anulam.

Interações de contato
Quando dois corpos A e B interagem, se A aplica sobre B uma força, esse último corpo aplicará sobre A uma outra força de mesma intensidade, mesma direção e sentido contrário.Atenção: É importante ressaltar que ação e reação nunca se anulam, pois atuam sempre em corpos diferentes.Bom queridos acima está a Terceira Lei de Newton e foi baseada nesta lei que Passei por momentos muito ruins a alguns dias atrás.
Não irei relatar o fato pois seria desleal de minha parte e antiético também.
Quem me conhece e convive comigo está interado, mas não estou aqui para falar disso.
Fonte / pt.wikipedia.org

Segundo a lei a Terceira Lei de Newton.
"Toda ação provoca uma reação de igual intensidade e em sentido contrário".

A atitude tomada por mim foi deferente da lei de Newton, pois usei do silêncio ou seja minha reação não segundo a reação e sim segundo o direcionamento de Deus.
Quando alguém tenta te direcionar com suas atitudes e você não reage segundo a vontade da pessoa você desarticula dois fatores super importantes para manter-se assim dentro de seu grau de espiritualidade e santidade com mãos limpas diante de Deus que tudo sabe e tudo vê.

1 - A força humana
A força é neutralizada quando não a a reação esperada para dar continuidade no assunto ou propósito da pessoa em questão.

2 - A força do mal (Anjos caídos)
Enquanto essa força  tenta de trazer a irá, revolta, insatisfação você permanece dentro da proposta do evangelho aguardando o advogado fiel guiar seus  passos e direcionar para longe da tentação que acontece nesse momento.

O silêncio é um dos maiores aliados em certos momentos, não que não estamos na luta e sim estamos na retaguarda do exercito Celestial que peleja por nos.

"Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca" (Isaías 53:7).

Não existe exemplo melhor a ser seguido que o do mestre.
Agir no momento certo e com a mente tranquila sem a vontade humana que normalmente é revidar.
Lembre-se a pessoa que lhe ofende depende de seu perdão e amor.

Daniel Alves Pena

Em espírito
Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)