Aos demagogos de plantão e os que apenas falam de Obra de Restauração - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Aos demagogos de plantão e os que apenas falam de Obra de Restauração

Aos demagogos de plantão e os que apenas falam de Obra de Restauração

Postado por Daniel Pena em quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011 | 09:29


Os que militam
”Não sou agente secreto , milito por Restauração, sou infante”
Acho que está na hora de uma nova chamada ao Santo Conserto.


Daniel Alves PenaTemos muitos ociosos, burocratas, opiniosos, e saudosistas nesta Obra em Restauração.
Têm seu viver do passado como ocupação tola e solitária; estão com problemas nos músculos do pescoço de tanto olhar para trás, vivem saudosamente dos feitos de outrem, já está na hora de fazer a sua parte, chega de ser apenas um Forrest Gump (O Contador de Histórias) sonhando com pessoas que não estão mais no seu caminho.
Muitos estão frios e mortos, pois os que faziam já morreram e os que querem fazer são mal vistos por estarem fazendo.

As igrejas em Obra de Restauração tiveram sua formação em 1961 guando o então pastor Magno Guanaes Simões entre outros pastores e lideres observaram nas igrejas que eram membros e em outras que  estavam distantes do que o Eterno Deus queria para a Igreja de Cristo.
Ao assumir e declarar a todos que seria necessário a restauração, vindo a prática do ósculo santo, uso do véu pelas mulheres, lava-pés entre outras, ele não parou por ai.
Convocou o povo ao Santo Conserto e muitos abraçaram a Obra de Deus.

Estaria Magno julgando a Igreja de Cristo? Claro que não.
Estariam o povo da Obra em Restauração vivendo uma heresia? Evidente que não.

A Obra em Restauração não foi fundada por homem e sim por Elohim (Deus), ferramentas sempre existiram e existirão, elas vem, elas vão, o Eterno nunca passará.

Alguns acham que me comporto como juiz de algumas igrejas e baseiam-se pelo fato de vídeos e artigos que escrevo citando um molde que é a doutrina dos apóstolos a ser seguida.
Outros me julgam frio e que não dou lugar, para os que pensam assim saibam que estão duvidando eles próprios do poder do Eterno Elohim (Deus) segundo o profeta Isaias.

Isaias  43.13
"Desde os dias mais antigos eu o sou. Não há quem possa livrar alguém de minha mão. Agindo eu, quem impedirá?"

Em minha vida a graça de Elohim (Deus) me basta.
A minha pregação não consiste em palavras de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder

Milito sim contra tudo que estiver fora da palavra revelada, mas minha vida não se resume nisso.
Uso meus poucos momentos vagos para escrever artigos e editar vídeos e a cada dia vejo que o pouco que faço a favor do reino tem surtido resultado.
Não vou citar aqui o que mais faço pelo reino, pois os que me conhecem sabem o que sou e o que faço.
Poderia soar como hipocrisia ou auto-exaltação, toda glória e honra seja dada ao Eterno Elohim (Deus)

Afinal a palavra nos ensina que não devemos nos conformar com este mundo.
Onde muitos estão fora do que é a igreja de Cristo, se alguns da Obra acham que eu devo parar, deviam sair da Obra, pois surgiram de um manifesto (Santo Conserto), abandonando a velha forma religiosa para a que hoje seguem, se é que seguem.

Se sua essência é se conformar com a não-restauração ou não acreditar nela, lamento.
Continuarei militando, militando, militando e militando.
Não sou um agente secreto, milito nas fileiras da frente, sou infante, sou guerreiro.
Não sei quantos irão comigo, mais sei que estou bem amparado, pois vou a nome do Rei dos Exércitos.
Não uso somente uniforme deste exercito, milito mesmo que sofra a má interpretação de muito.
A obra não se resume em doutrinas e nem em ir aos cultos e inchar o peito para falar sou da Obra, seja digno, seja servo, já que se alistou milite, pois é isso que Elohim (Deus ) quer de nós.

A palavra de ordem é IDE e não FIQUE SENTADO AO ESPERANDO JESUS VOLTAR, Jesus irá cobrar seus talentos.

Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida
2 Timóteo 2

1 Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.
2 E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.
3 Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.
4 Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.
5 E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente.
6 O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos.
7 Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo.

Fiquemos com o Apostolo e irmão Paulo.

Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis.
2 Coríntios 11:4
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema.
Gálatas 1:8

Agradeço a Elohim (Deus) por fazer parte da Obra dEle.

Posso ser pesado de língua, mas amo a todos e sei que em tempo oportuno Elohim (Deus)  restaurará sua vida.

Sou de Obra em Restauração

Por Daniel Alves Pena
Em Espírito
Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)