Os malakoi e os arsenokoitai - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » Os malakoi e os arsenokoitai

Os malakoi e os arsenokoitai

Postado por Daniel Pena em segunda-feira, 22 de março de 2010 | 21:41

Os malakoi (homossexuais passivos) e os arsenokoitai (homossexuais ativos)


Navegando na net por alguns sites me deparei com o Site da Editora ultimato que trazia em si uma questão bem interessante e pouco discutida entre o meio evangélico.
Segue o conteúdo da Editora Ultimato.

Há poucos dias, ativistas do movimento gay disseram num debate que a tradução Revista e Atualizada da Sociedade Bíblica do Brasil de 1 Coríntios, capítulo 6, verso 9 (“Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas”) está errada à luz do original grego.

Mas eles se equivocaram. A palavra grega malakoi significa de fato homossexuais passivos, que segundo Walter Bauer equivale a “homens e meninos que se permitem serem usados sexualmente”. Também “conota passividade e submissão”.1 Já arsenokoitai significa o contrário: homossexuais ativos, homens que iniciam práticas homossexuais. São também chamados de sodomitas, numa referência histórica ao comportamento homossexual generalizado de Sodoma e Gomorra (Gn 19.6).

A primeira palavra (malakoi) é traduzida por “efeminados” nas seguintes versões: Revista e Atualizada (RA) da SBB, Bíblia do Peregrino (BP), Tradução da CNBB, Tradução Brasileira (TB), Figueiredo, Tradução Ecumênica da Bíblia (TEB), Edição Pastoral (EP), Edição Pastoral-Catequética (EPC) e nas Cartas às Igrejas Novas (CIN). Já na Bíblia de Jerusalém (BJ) e na tradução da Comunidade de Taizé (CT), malakoi é traduzida como “depravados”.

A segunda palavra (arsenokoitai) é traduzida por “sodomitas” na RA, CNBB, EP, TB, Figueiredo e na CIN; por “pessoas de costumes infames” na BJ; por “homossexuais” na BP e CT; e por “devassos” na EPC. A Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH) engloba os dois casos sob a classificação geral de “homossexuais”. Já a paráfrase da Bíblia Viva (BV) diz que os adúlteros, os efeminados e os sodomitas cometem “pecados sexuais”.

A tradução mais explícita é a da Nova Versão Internacional (NVI): “Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus” (1 Co 6.9-10).

Odayr Olivetti, um dos tradutores da NVI, explica que “a comissão procurou fazer uma tradução clara, distinguindo bem os termos, e se respaldou não só na abrangência geral dos termos gregos (que o pudor faz com que até os lexicógrafos reduzam ao mínimo suas explicações), mas também no contexto geral das epístolas paulinas. As expressões “passivos” e “ativos” salientam a abrangência dos que agem como homens e dos que agem como mulheres no intercurso sexual não-natural”.2

Paulo não termina o assunto com a expressão “não herdarão o reino de Deus”, mas com a espetacular notícia de que algumas de suas ovelhas em Corinto eram homossexuais passivos ou ativos, mas deixaram de ser depois que foram alcançados pela graça de Deus, o que pode acontecer também hoje em dia (1 Co 6.11).

O texto para ficar claro e inquestionável deveria trazer em si mais alguns aspectos importantes como::
Qual o método etimológico usado por Walter Bauer para chegar a esta conclusão?
2) Por que Paulo teria usado de neologismo para indicar conceitos para os quais os gregos já possuíam inúmeras expressões linguísticas, como por exemplo "eromenos" ou "pais" (passivos) e "erastes" (ativos)
3) Qual o contexto da obra a que Paulo se dirigia e por que?

Bom gostaria das opiniões dos leitores deste blog sobre o assunto.
Gostaria que os comentários não fossem insultivos e sim informativos, afinal a intenção do blog e informar e não descriminar ou ofender ninguém.
Até a próxima.
Share this article :

1 comentários:

Lucas disse...

Vc é louco!!!

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)