O homem, que leva um cântaro de água - Daniel Alves Pena

Assista o novo vídeo de Daniel Alves Pena - [Fechar o vídeo]

Headlines News :
Home » » O homem, que leva um cântaro de água

O homem, que leva um cântaro de água

Postado por Daniel Pena em quarta-feira, 6 de março de 2013 | 10:03

Primeiro, para entendermos o que o texto escrito nos quer ensinar precisamos lançar mão dos costumes da época.
Buscar água e transportar água eram serviços das moças, normalmente as filhas mais velhas, por isso que Eliezer, servo de Abraão, utilizou esse fato para buscar a orientação de Deus na escolha de uma esposa para Isaque.


“11  E fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água, pela tarde, ao tempo que as moças saíam a tirar água.
12  E disse: Ó SENHOR, Deus de meu senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão!
13  Eis que eu estou em pé junto à fonte de água e as filhas dos homens desta cidade saem para tirar água;” GÊNESIS 24.11-13

Eliezer não era bobo não, sabia aonde ir, seria como esperar um desfile de pretendentes.

O segundo exemplo está no momento em que Saul está perdido.

“11 
E, subindo eles à cidade, acharam umas moças que saíam a tirar água; e disseram-lhes: Está aqui o vidente?” - I SAMUEL 8

homem com cantaro
Encontrar um homem com um cântaro seria um ato de extrema fé, pois era algo incomum aos homens carregar cântaro com água.
Aquele homem não tinha consciência de que iria servir de guia. Certamente não era uma preocupação para ele. Simplesmente fazia uma tarefa quotidiana e que não era dele essa missão, mas era muito necessária, no entanto, em meio a algo tão simples podia ser guia para algo tão sublime. De tal modo foi importante que ficou registrado na palavra para que hoje, dois mil anos depois ainda pensem nele.


Dados importantes:
A ordem era:
Ide à cidade, e um homem, que leva um cântaro de água, vos encontrará; segui-o.E, onde quer que entrar, dizei ao senhor da casa – no livro de Marcos

Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar
. E direis ao pai de família da casa – no livro de Lucas

1 – Ninguém falou com aquele homem
2 – Aquele homem não falou com ninguém
3 – Seguir e ir a distância, para ver aonde ele iria.

A pergunta sobre o local era para ser feito ao dono da casa e não ao homem do cântaro.
(
dizei ao senhor da casa – no livro de Marcos)
(E direis ao pai de família da casa – no livro de Lucas)


Partindo dos 3 pressupostos acima o homem não sabia o que estava acontecendo ou que ele estava sendo usado por Elohim (Deus) para fazer algo de suma importância para Yeshua (Jesus).
Algo parecido em termos de fazer algo sem percebermos à tamanha responsabilidade pode ser notada no caso abaixo.

Jônatas lançava a flecha e mandava o moço ir buscar, mas ele não sabia que o que ele fazia era observado por Davi e que seria de extrema valia para Davi, a vida de davi estava em jogo e as palavras ditas por
Jônatas e que o moço não entendia muito bem a importância da missão dada a ele poderia salvar a vida de Davi.


“18  E disse-lhe Jônatas: Amanhã é a lua nova, e não te acharão no teu lugar, pois o teu assento se achará vazio.
19  E, ausentando-te tu três dias, desce apressadamente, e vai àquele lugar onde te escondeste no dia do negócio; e fica-te junto à pedra de Ezel.
20  E eu atirarei três flechas para aquele lado, como se atirasse ao alvo.
21  E eis que mandarei o moço dizendo: Anda, busca as flechas. Se eu expressamente disser ao moço: Olha que as flechas estão para cá de ti; toma-o contigo, e vem, porque há paz para ti, e não há nada, vive o SENHOR.
22  Porém se disser ao moço assim: Olha que as flechas estão para lá de ti; vai-te embora, porque o SENHOR te deixa ir.
23  E quanto ao negócio de que eu e tu falamos, eis que o SENHOR está entre mim e ti eternamente.” I SAMUEL 20

Temos no livro de Neemias capitulo 3 varias pessoas que foram usados para fazer o muro e que não eram pedreiros, eram perfumistas, ourives, sacerdotes e outros mais.

O que podemos aprender com isso:
Imagine se o homem do cântaro ao receber a ordem de seu senhor falasse: essa não é minha obrigação, e missão de mulher, o senhor quer me desmoralizar.

Ou se o moço que deveria pegar as flechas ao ouvir Jônatas dizer, (Olha que as flechas estão para cá de ti)pensasse: o cara atira a flecha e eu tenho que ficar pegando para ele, tão tem um jeito mais fácil de fazer isso, amarrar as flechas, lançá-las em uma árvore perto.
Ele fica parado lançando e eu fico como um doido correndo atrás das flechas.

Ainda bem que eles eram crentes de verdade.
Sabe quando o pastor pede para o diácono ou evangelista fazer algo e ele diz, porque eu? Se o serviço não for dele ouviremos, Eu sou Diácono ou evangelista ou Pastor, isso não é para eu fazer.

Muitos tem perdido a oportunidade em serem usados pelos seus orgulhos e prepotências, se achando o último biscoito do pacote, o glacê do bolo.
Que o Eterno continue enviando entre-nos os homens que carregam os cântaros e os que buscam as flechas, pois são de extrema valia para a Obra do Eterno.
 

Somos sempre melhor usados quando não temos condições de achar que somos usados pelo que somos, quando não tomamos conhecimento da tamanha importância dedicada em pequenos trabalhos feitos, pois podemos estar sendo usados como o homem do cântaro.
O que seria vergonha para alguns, para aquele homem deu o direito de ter sua história citada nas escrituras, talvez ele tenha morrido sem saber que fez tal ato.

Abaixo segue os textos sobre o homem do cântaro.

Marcos 14
13 E enviou dois dos seus discípulos, e disse-lhes: Ide à cidade, e um homem, que leva um cântaro de água, vos encontrará; segui-o.
14 E, onde quer que entrar, dizei ao senhor da casa: O Mestre diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?
15 E ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado e preparado; preparai-a ali.
16 E, saindo os seus discípulos, foram à cidade, e acharam como lhes tinha dito, e prepararam a páscoa.

Lucas 22
9 E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos?
10 E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar.
11 E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?
12 Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado; aí fazei preparativos.
13 E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e prepararam a páscoa.

Por / Daniel Alves pena
Em amor

Share this article :

0 comentários:

Acompanhe no Facebook

Postagens Recentes

Autoridade Espiritual

Autoridade espiritual não é algo imputada a alguém, é alguma coisa que se reconhece em alguém, que tem por causa da sua coerência de existência na palavra. Por causa da sua intrepidez na fé, na sua sinceridade no serviço a Deus e ao próximo. Sem isso não adiante ser PHD ou qualquer outro coisa.

Fale com o autor do blog

Original Bíblico para Pesquisas

A Restauração não começou em 1962

CURIOSIDADES SOBRE O VÉU

SAIBA COMO FOI

Nosso Ranking do Brasil

e-clipping sobre Daniel Alves Pena

MENSAGENS

Translate

Receba novos artigos por Email

Inscreva-se em meu Canal no You Tube

A DOUTRINA BÍBLICA DO USO DO VÉU

Pentecostal?

Quantidade de visitas até o momento

Visitantes lendo o Blog agora

Pesquisar neste blog

Código Penal - Decreto-lei 2848/40

Decreto-lei no 2.848, de 7 de dezembro de 1940
Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa.Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

TOLERANDO A GENTE SE ENTENDE

Clique AQUI e saiba porque

ISSO NÃO SÃO LÍNGUAS ESTRANHAS

CONHEÇA A HISTÓRIA DA OBRA

Clique na imagem para ampliar

Ajuste de Conduta - Magno Malta

Anúncios AdSense

Pois muitos andam entre nós evangélicos

Intolerância Religiosa

LinkWithin

União de Blogueiros Evangélicos

 
Copyright © 2013. Daniel Alves Pena - All Rights Reserved
Template Adpted by Daniel Pweb Published by Daniel Pena
Ora, daqueles que pareciam ser alguma coisa, esses, nada me acrescentaram,antes, pelo contrário, (Gálatas 2.6)